RINITE: ESPIRROS, CORIZA E OBSTRUÇÃO NASAL

18/05/2014 18:47

É muito comum os pais relatarem no consultório que seus filhos sempre estão gripados, mas o que ocorre é que, após uma avaliação, diagnosticamos com muita frequência a rinite alérgica.

O nariz é o primeiro lugar por onde o ar passa antes de alcançar os pulmões e é responsável pela limpeza, umidificação e aquecimento do ar inspirado. Para que o nariz exerça suas funções corretamente, ele possui um eficaz mecanismo de defesa. Por exemplo, ao entrar em contato com um vírus, desencadeia a obstrução nasal para impedir a passagem do agente agressor, além de espirros e coriza para sua remoção.

A rinite significa uma defesa exagerada do organismo até contra os agentes que não são potencialmente graves ao organismo, ou seja, a pessoa alérgica é hiperreativa a determinadas substâncias que, numa pessoa normal, não desencadearia nenhuma reação. Essa característica é herdada dos pais e acomete em média 25% das pessoas.

Os sintomas mais comuns são espirros repetidos ( muitos chegam a espirrar mais de 10 vezes seguidas ), coriza, coceira e obstrução nasal. Podem estar associados coceira na garganta e a conjuntivite alérgica com muita coceira nos olhos. Tais sintomas costumam ocorrer poucos minutos após o contato com o alérgeno. Poeira, pólen, ácaro, fungos e pele descamada dos humanos e animais são os mais comuns. Por isso colchões, travesseiros e sofás são os locais que mais acumulam esses alérgenos.

A higienização do ambiente é a melhor forma de prevenir a rinite alérgica. A casa e principalmente o quarto aonde o alérgico dorme devem ser limpos com frequência. Porém existem algumas recomendações para que o momento da higienização não piore a disseminação dos alérgenos.
- evite o uso de vassoura e espanador de pó, pois levantam a poeira
- evite o uso de produtos de limpeza com cheiro muito forte, dê preferência ao pano úmido apenas
- procure usar capas anti-alérgicas nos colchões e travesseiros e trocar com frequência as roupas de cama
- evite carpete, tapete, cortina, travesseiro de penas e bichos de pelúcia, pois acumulam os alérgenos com mais facilidade
- procure deixar a casa bem ventilada e ensolarada pelo menos em algum momento do dia para dificultar o desenvolvimento de bolor ( fungo )
- para finalizar, não posso deixar de comentar sobre a importância de se evitar o contato com cigarro, perfumes, tintas e inseticidas

Fiquem atentos aos sinais e sintomas. Hoje em dia existem ótimos tratamentos para a rinite alérgica!