FÉRIAS COM SAÚDE

01/01/2017 19:25
Vamos começar o ano falando em férias, mas férias com saúde. Devemos ficar atentos com a nossa saúde antes e durante uma viagem.  Fazer uma viagem é algo prazeroso e está na lista de prioridades de muitas pessoas para o período de férias. Muitos trabalham o ano todo apenas pensando nesses dias gostosos, onde estaremos longe de nossa casa e nossa rotina, buscando apenas diversão e um pouco de sossego. E realmente merecemos esse benefício, porém, é preciso ter certos cuidados para que esse período tão esperado não acabe se tornando uma tremenda dor de cabeça.
Da mesma maneira que fazemos um check-up em nossos carros antes de pegar a estrada, precisamos tomar uma série de cuidados para não sermos traídos pela nossa saúde quando estivermos a passeio. É fundamental que o viajante e sua família procurem o médico para avaliar as suas condições de saúde.  Medidas como realizar exames de rotina (check-up), orientação nutricional e atualização do cartão de vacinas são importantes para evitar situações desagradáveis durante a viagem. 
Você não quer ter uma surpresa desagradável quando estiver longe de casa e dos seus médicos, não é mesmo? Os exames recomendados antes de viajar são procedimentos simples, de rotina, mas que podem prevenir a ocorrência de situações desagradáveis. O check-up é a garantia de que a pessoa está viajando em boas condições de saúde e com as recomendações médicas adequadas no caso da identificação de algum risco. E nos casos de pacientes crônicos como, por exemplo, diabéticos, obesos, hipertensos, cardíacos, são necessários cuidados e orientações específicas antes da viagem. As medicações já utilizadas pelos pacientes devem ser mantidas durante a estadia fora e importantíssimo que ele deve a prescrição médica. Em alguns casos (mais específicos) o médico pode até não recomendar a viagem.
Passar horas viajando requer que você tenha um amplo controle do seu sistema digestivo. Ninguém quer passar mal justamente no deslocamento ou até pior: no seu destino paradisíaco! Pegue leve nos seus pratos nos dias anteriores, fuja de comidas muito condimentadas, gordurosas ou de cozinha que você desconhece. É hora de investir em frutas, legumes e carnes magras. O mesmo vale para seu local de destino: não coma em qualquer estabelecimento. Uma infecção alimentar pode colocar seus dias de descanso a perder.Vamos começar o ano falando em férias, mas férias com saúde. Devemos ficar atentos com a nossa saúde antes e durante uma viagem.  Fazer uma viagem é algo prazeroso e está na lista de prioridades de muitas pessoas para o período de férias. Muitos trabalham o ano todo apenas pensando nesses dias gostosos, onde estaremos longe de nossa casa e nossa rotina, buscando apenas diversão e um pouco de sossego. E realmente merecemos esse benefício, porém, é preciso ter certos cuidados para que esse período tão esperado não acabe se tornando uma tremenda dor de cabeça.
Da mesma maneira que fazemos um check-up em nossos carros antes de pegar a estrada, precisamos tomar uma série de cuidados para não sermos traídos pela nossa saúde quando estivermos a passeio. É fundamental que o viajante e sua família procurem o médico para avaliar as suas condições de saúde.  Medidas como realizar exames de rotina (check-up), orientação nutricional e atualização do cartão de vacinas são importantes para evitar situações desagradáveis durante a viagem. 
Você não quer ter uma surpresa desagradável quando estiver longe de casa e dos seus médicos, não é mesmo? Os exames recomendados antes de viajar são procedimentos simples, de rotina, mas que podem prevenir a ocorrência de situações desagradáveis. O check-up é a garantia de que a pessoa está viajando em boas condições de saúde e com as recomendações médicas adequadas no caso da identificação de algum risco. E nos casos de pacientes crônicos como, por exemplo, diabéticos, obesos, hipertensos, cardíacos, são necessários cuidados e orientações específicas antes da viagem. As medicações já utilizadas pelos pacientes devem ser mantidas durante a estadia fora e importantíssimo que ele deve a prescrição médica. Em alguns casos (mais específicos) o médico pode até não recomendar a viagem.
Passar horas viajando requer que você tenha um amplo controle do seu sistema digestivo. Ninguém quer passar mal justamente no deslocamento ou até pior: no seu destino paradisíaco! Pegue leve nos seus pratos nos dias anteriores, fuja de comidas muito condimentadas, gordurosas ou de cozinha que você desconhece. É hora de investir em frutas, legumes e carnes magras. O mesmo vale para seu local de destino: não coma em qualquer estabelecimento. Uma infecção alimentar pode colocar seus dias de descanso a perder.