4 CHÁS QUE AFASTAM A GRIPE

22/06/2014 09:42

Nossas avós tinham razão: eles fortalecem a imunidade e ajudam a melhorar os sintomas da gripe. Confira quatro receitas que funcionam de verdade:

 

1. Chá de capim-limão

Ingredientes
· 4 fatias de gengibre
· 1 col. (sobremensa) de folhas secas de capim-limão
· 1 col. (sopa) de folhas frescas de tomilho
· 1 col. (sobremesa) de folhas secas de hortelã
· 1 xíc. (chá) de água
· Casca de 1/2 limão

Modo de preparo
Ferva a água, desligue o fogo e coloque todos os ingredientes. Abafe por cinco minutos e coe.

Prós e contras
· Melhora desconfortos respiratórios e dores no corpo.
· Não há contraindicação.


2. Chá de laranja

Ingredientes
· 2 laranjas
· 1 limão
· 2 col. (sopa) de mel
· 1 xíc. (chá) de água

Modo de preparo
Descasque as laranjas e o limão e ponha as cascas para ferver por 15 minutos. Retire todo o suco das frutas e adicione-o ao recipiente onde está o chá resultante das cascas. Ferva por dez minutos. Coe e adicione o mel. Tome até quatro vezes ao dia.

Prós e contras
· Melhora desconfortos respiratórios e dores no corpo.
· Contraindicado para diabéticos devido ao açúcar do mel.


3. Chá de gengibre

Ingredientes
· 1 pedaço de 5 cm de gengibre descascado e fatiado
· 2 xíc. (chá) de água
· 2 col. (sopa) de mel
· Suco de 1/2 limão
· 6 a 10 folhas de hortelã

Modo de preparo
Ferva a água com o gengibre por dez minutos. Desligue o fogo. Adicione o mel, o limão e a hortelã.

Prós e contras
· Aquece o corpo e ajuda o organismo a combater o vírus da gripe.
· Contraindicado para hipertensos, já que o gengibre acelera o metabolismo, e diabéticos (por causa do mel, de novo).


4. Chá de alho

Ingredientes
· 2 a 3 dentes de alho
· 2 col. (sopa) de mel

Modo de preparo
Esmague o alho, coloque numa panela com 2 copos de água e deixe ferver. Abaixe o fogo e cozinhe por 15 minutos. Coe e espere amornar. Adicione o mel, uma pitada de pimenta-de-caiena e um pouco de suco de limão. Beba quando desejar.

Prós e contras
· Alivia desconfortos respiratórios, dor de garganta e no corpo.
· Contraindicado para diabéticos, hipertensos e cardiopatas que tomam ácido acetilsalicílico. É que, devido ao efeito anticoagulante, essa substância pode causar hemorragia.